“O curioso caso da aranha que mamenta seus filhotes”

Ops… espere aí! Será que li certo esse título? Sim! É isso mesmo! Em recentes trabalhos, pesquisadores descobriram uma espécie de aranha (Toxeus magnus) capaz de amamentar seus filhotes. E por incrível que pareça, o alimento se parece bastante com o leite produzido por mamíferos, sendo rico em proteínas. As pesquisas começaram quando o hábito dos ‘recém-nascidos’ de ficarem muito tempo no ninho com a mãe foi observado. Como isso não é comum no caso das aranhas, a curiosidade foi desperta nos cientistas. De início foram lançadas algumas hipóteses de como se dava a alimentação dos filhotes: regurgitação da mãe, alimento fecal ou até mesmo de ovos não fecundados, mas pelas observações todas foram descartadas.

Toxeus magnus, aranha saltadora. Fonte: https://www.bbc.com/portuguese/curiosidades-46387658.

A resposta veio com a percepção de um líquido fornecido pela mãe logo no nascimento da prole. Trata-se de uma substância que contém cerca de quatro vezes a quantidade de proteínas do leite de vaca, e que fornece sustância para os filhotes até durante 40 dias, quando estes já atingem a maturidade sexual. Curioso né? Esse é um bom exemplo do cuidado parental que acontece na natureza, além de trazer uma grande novidade para a ciência.

Rosana de Mesquita Alves é Bióloga e Mestranda pela Universidade Federal de Viçosa.