II Simpósio da Biodiversidade – SIMBIO 2011

O colegiado do Curso de Ciências Biológicas da Universidade Federal de Viçosa, do Campus de Rio Paranaíba promoveu entre os dias 17 e 20 de maio o II Simpósio da Biodiversidade – SIMBIO. O evento, de abrangência nacional, foi organizado por professores e alunos dos cursos de Ciências Biológicas, Agronomia e Ciências de Alimentos.

Durante os quatro dias do evento, o público assistiu à palestras de especialistas com temas importantes dentro da grande área da biodiversidade. Além disso, houve apresentação de trabalhos inscritos e concurso de fotografia.

Jaqueline Dias Pereira, coordenadora do curso de Ciências Biológicas do Campus de Rio Paranaíba afirma que os temas variados das palestras podem auxiliar os acadêmicos na escolha da especialização que pretendem fazer após a graduação. “ O SIMBIO é o principal evento do curso e é muito importante, pois traz palestrantes de todo o país. Esse contato com professores de outras universidades e de diferentes áreas permite ao aluno já criar uma consciência do que ele vai querer”, afirma Jaqueline.

Rock com Ciência

A novidade no II Simpósio da Biodiversidade foi a gravação do programa de rádio e podcast Rock com Ciência, que é um projeto de extensão em Divulgação Científica do curso de Ciências Biológicas. Foram convidados os professores Edmilson Escher, Orlando Moreira Filho e Claudio Oliveira. Pela primeira vez o programa foi gravado com plateia, que participou fazendo perguntas aos convidados.

O tema do programa, transmitido no dia 21 de maio pela rádio local Maximus FM, foi a popularização da ciência. A divulgação científica foi bastante discutida entre os convidados, uma vez que há um grande conflito entre cientistas e jornalistas nas publicações sobre ciência.

Ciência é uma coisa chata?

Os convidados do Programa Rock com Ciência comentaram também que a popularização da ciência deve ter uma abordagem diferente para cada tipo de público.

A estudante de Ensino Médio, Paloma Silva, é bolsista do BIC-Júnior da UFV – CRP e contou que sempre teve muitas dúvidas a respeito da sua vocação. “Quando eu entrei para o projeto de genética da UFV, percebi que poderia ir além, associar filosofia e genética, conhecer as técnicas e aplicar raciocínio para criar ciência. Hoje eu sei o que eu quero. Estar conhecendo a ciência dessa forma despertou a minha vocação”, afirma Paloma. A estudante completou dizendo que ciência não é uma coisa chata e o aluno precisa apenas procurar qual a área que lhe interessa mais.

Sobre o resultado geral do evento, o presidente da comissão organizadora do SIMBIO, professor Rubens Pazza, foi positivo. “Foi bastante produtivo, tivemos participantes de vários estados, o alcance foi bom. De modo geral o público gostou muito das palestras. São coisas que animam a fazer o próximo Simpósio ainda melhor”, completou o professor.

Janaína Pazza é jornalista e editora-chefe do jornal Folha Universitária do Alto Paranaíba.

Volume 2, Número 3

Clique no link abaixo para acessar a edição Maio/Junho de 2011.